Conheça as unidades de medida da informática

Fique por dentro das unidades de medida do seu computador

Atualmente estamos cercados pelas nomenclaturas da informática, em especial aos que se referem as unidades de medida, tais como: MB e GB que são os mais comuns. Quando vamos comprar uma câmera digital e lá tem o seu cartão de memória, pendrives, HDs, entre outros meios.

Mas, vocês já pararam para reparar do que se tratam estas medidas, como elas são definidas e aplicadas. Então vamos dar o início ao tutorial.


Unidades de medida de grandeza da informática

A unidade representativa de medida da informática é o Byte (lê-se baite) que é simbolizado pela letra (B), porém esta unidade inicia-se pela medida de bit (lê-se bit) que tem como símbolo a letra (b).

Vocês puderam notar que há uma diferença entre estes dois termos através da simbolização, onde Byte é representado pelo B maiúsculo e bit pelo b minúsculo. Assim podemos exemplificar que: 500 KB é referente a Kilobytes. A seguir na Figura 1 tem-se a tabela completa das unidades de medida:

Figura 1 - Tabela de Medidas.

Então ao observar a tabela acima, temos a unidade referente com o seu símbolo e a quantidade necessária para formá-lo, onde:

1 GB = equivale a 1024 Megabytes

Esta tabela é muito importante, pois muitos arquivos em nosso computador, pendrive ou outros meios de armazenamento estão simbolizados, principalmente pelo KB. Assim para saber quantos Kilobytes eu preciso para formar Megabytes é só usar a tabela a seu favor. Por exemplo: Em meu micro tem um arquivo de 108.300 KB, e quero saber quantos Megabytes ele equivale?

A resposta é fácil, através de um simples cálculo de conversão:

108.300 / 1024  = 105,7 MB

Onde o resultado dá aproximadamente 105,7 Megabytes. A conversão é simples, quando quero saber o resultado do Menor para o Maior é só dividir, caso contrário, é só usar a operação de Multiplicação, simples, não é?


Exemplos de Unidades em Mídias de Armazenamento

Estamos em volta de várias mídias que se encontram em vários tamanhos, podemos citar como exemplo um CD simples, onde é encontrado em muitas papelarias e supermercados. O seu tamanho de armazenamento é de 700 MB. Para vias de comparação dá para gravar mais ou menos umas 200 fotos, logicamente que a qualidade das fotos implica em um tamanho diferenciado. Além disso, o "vovô" disquete (companheiro por muitos anos) tinha os míseros 1.44 MB. Segue abaixo mais alguns exemplos:

DVD-R = 4.7 GB
DVD-DL = 8.5 GB
CD-R = 700 MB
Bluray = 25 GB ou mais
Disquete = 1.44 MB

Vimos alguns exemplos de unidades em mídias de armazenamento. 


Exemplos em Discos

Agora o mais comum é com relação aos discos: HDs, Pendrives, Cartões de Memória. São as medidas mais comuns e maiores que encontramos. Há pendrives, HDs e Cartões de Memória de vários tamanhos, assim como: 2 GB, 16 GB, 500 GB.

Entretanto há algo interessante neles, o seu tamanho não é o que realmente está no rótulo, por exemplo, um pendrive de 4 GB não é exatamente 4 GBs e sim 3,69 GB. Isso acontece pois os fabricantes não seguem a tabela referida na Figura 1, para eles 1 GB equivale a 1000 Megabytes e não 1024, por isso há essa diferença, tratarei deste tema no próximo post.


Conclusão

Em virtude do que foi mencionado, estamos em volta destas medidas e não sabemos o que realmente elas significam, o tratativo relativo neste post foi clarear do que realmente estes termos se configuram. Ficando assim mais fácil de realizarmos as nossas análises.

Compartilhe também :
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Lucas Browser

Sobre o autor

Lucas Browser é graduando em Análise de Sistemas, blogueiro nas horas vagas e sempre ligado em tecnologia, para me conhecer melhor acesse a página de Perfil.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário